MONITORAMENTO DE CARNÍVOROS


    O conhecimento do tamanho populacional e a distribuição de uma espécie em determinada área são parâmetros ecológicos fundamentais de difícil estimativa, especialmente quando se trata de estudos com animais de comportamentos elusivos, como carnívoros terrestres.  Levantamentos de populações de animais de grande porte, na maioria das vezes, pecam por utilizar métodos pouco confiáveis, já que as observações tendem a ser bastante raras. A utilização de fezes para a obtenção do material genético é uma alternativa muito promissora entre os métodos indiretos. O isolamento do DNA fecal permite a correta identificação da espécie, aumentando a confiabilidade das análises de distribuição e abundância. O DNA nuclear fornece informações que permitem identificação individual, razão sexual e parentesco a partir de amostras não invasivas presentes em uma determinada área.



Compartilhar: